Julian Assange, do WikiLeaks estreiou hoje “The World Tomorrow”

O vídeo acima é a chamada divulgada pelo canal de TV por satélite Russia Today do programa “The World Tomorrow”, que estreiou hoje e será transmitido em inglês, espanhol e árabe (três das línguas mais faladas no mundo).

Fundador de WikiLeaks e hacker mundialmente conhecido, Julian Assange estará na televisão mundial, inaugurando o programa do qual será apresentador e principal entrevistador. A exibição se deu por televisão e online, às 11h30GMT (8h30 em Brasília) e está disponível em http://assange.rt.com/

Seminário Casa das Áfricas, com Mustafa Abdalla – Amanhã!

      As transformações atuais na sociedade egípcia parecem ter reaberto uma luta por uma ordem moral que permite aos homens imaginar uma sociedade predominantemente controlada por homens que negam às mulheres o direito e o espaço de participação ativa na construção de um novo Egito pós Mubarak. Em uma sociedade em mudança, muitos homens pleitearam governar em nome da religião, esperando que assim pudessem restaurar sua posição na sociedade. As mulheres e as conquistas obtidas em lutas importantes durante os regimes anteriores, aparecem como um alvo de críticas e ataques.
Esta palestra enfoca as implicações da revolução egípcia, analisando a percepção dos homens sobre seu papel social e o apelo à religião como uma possível solução para lidar com uma sensação de impotência que eles têm enfrentado nas últimas décadas, afetando diversos aspectos da sua vida: social, econômica, política e religiosa. Neste sentido, a tomada do poder político pelos islamitas poderia ser conectada à crise da masculinidade dos homens egípcios.
      Mustafa Abdalla é pesquisador associado da Casa das Africas e pesquisador no Institute for Cultural and Social Anthropology of Free University Berlin (Alemanha). Suas pesquisas atuais são no campo da antropologia médica – “As patologias produtivas: profissionalização de pacientes e doenças na era da cidadania biológica” (Productive Pathologies: The Professionalization of Patients and Disease in the Age of Biological Citizenship) e da antropologia social, com trabalhos sobre turismos e masculinidade e sobre religiosidade e mobilidade em África (Mali).
Publicou, entre outros, “Beach Politics: Gender and Sexuality in Dahab”. Encontra-se em processo de edição de “Spaces in Movement: New Perspectives on Migration in African Settings”, organizado em parceria com Elisio Macamo ( Universidade de Bayreuth, Alemanha).
      Evento gratuito que abrirá as atividades da Casa das Áfricas em 2012 e que também marcará sua reestruturação institucional. Será oferecido um coqutel e contaremos com a presença do Grupo Raizarte, da poetiza Tula Pilar que, juntamente com seus filhos, desenvolve performances poéticas sobre África. No stand Raizarte será comercializada literatura especializada em África, livro de poesias de autoria de Tula Pilar Ferreira e Revista Ocas.
Data:
18/04/2012 – Quarta-feira – 19h às 21h
Local:
Auditório da Biblioteca Alceu Amoroso Lima
Rua Henrique Schaumann, 777 – Pinheiros
Página do evento no Facebook:
Realização: Casa das Áfricas
Apoio: Biblioteca Alceu Amoroso de Lima
Contato: casadasafricasproducao@gmail.com

Dicas do LS – Borboletas Negras

“Borboletas Negras” retrata de forma sensível a curta e turbulenta vida de Ingrid Jonker, poeta sul-africana que teve sua obra marcada pela luta contra o apartheid.  A narrativa é enriquecida por vários trechos de seus poemas, misturados às histórias de suas paixões e aos embates com o pai, Abraham Jonker, presidente do comitê responsável por censurar as obras de entretenimento que fossem ideologicamente diferentes do regime então vigente. Vale a pena conferir!

Borboletas Negras (Black Butterflies) – 100 min 
Noruega, África do Sul,Alemanha – 2011
Direção: Paula van der Oest
Roteiro: Greg Latter
Elenco: Carice van Houten, Liam Cunningham, Rutger Hauer, Grant Swanby, Nicholas Pauling, Graham Clarke, Leon Clingman, Jennifer Steyn, Candice D’Arcy, Florence Masebe

 

Exposição de Cândido Portinari no Memorial da América Latina

Desde o início de fevereiro o público pode ver a exposição “Guerra e Paz”, com obras de Portinari, que está acontecendo no Memorial da América Latina, em São Paulo.

A mostra, que ocupa três prédios, exibe os painéis “Guerra” e “Paz” (com 14 metros de altura e dez de largura, que retratam dramas e tragédias sociais) e outros 80 estudos preparatórios (entre desenhos, guaches, grafites e maquetes).

A exposição termina em 21 de abril, e a entrada é gratuita.

Romero Britto na Pinacoteca Benedito Calixto, a partir de 12/4!

A arte colorida e inconfundível do pernambucano estará exposta em Santos a partir dessa semana. A mostra será inaugurada no dia 12 de abril, às 19h30, com coquetel para convidados e poderá ser vista pelo público até o dia 6 de maio. A Pinacoteca fica na Av. Bartolomeu de Gusmão,15. Entrada Franca.