Confrontações

“Às vezes me vem esta imagem: vejo-me andando sobre uma prancha, acima de um abismo profundo, e digo para mim mesmo: mas o que está acontecendo? O que significa tudo isto? Como é possível que isto continue assim? Quem, dentre nós, nunca se deparou com tais evidências? Mas logo somos devorados, expelidos em dispositivos de comportamento teleguiados, tomados pelas urgências, pelos objetos em jogo, pelo próprio jogo. Como na roleta e no pôquer: mesmo mortos de cansaço, continuamos a nos agarrar com uma vitalidade surpreendente.”

 

F.G.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s