Devir-adulto: um certo aborrecimento responsável, uma bondade exagerada, o recalcamento dos afetos vitais que habitam a infância, a saber, uma determinada disposição para o jogo e o conflito.A apologia da sociedade civil não faz mais do que voltar a jogar à escala global o ideal da passagem a uma idade adulta onde poderíamos por fim dispensar o nosso tutor – o Estado, porque teríamos finalmente compreendido; seríamos finalmente dignos de nos governar a nós próprios. Esta ladainha põe às suas costas tudo o que se liga tristemente ao devir-adulto.. A NOSSA ÚNICA PÁTRIA: A INFÂNCIA (sem nostalgia romântica)

Comitê invisível

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s