Desconstruir é resistir

Derrida-by-Pablo-Secca

 

“Utilizado pela primeira vez por Jacques Derrida em 1967 na Gramatologia, o termo ‘desconstrução’ foi tomado da arquitetura. Significa a deposição ou decomposição de uma estrutura. Em sua definição derridiana, remete a um trabalho do pensamento inconsciente (‘isso se desconstrói’), e que consiste em desfazer, sem nunca destruir, um sistema de pensamento hegemônico e dominante. Desconstruir é de certo modo resistir à tirania do Um, do logos, da metafísica (ocidental) na própria língua em que é enunciada, com a ajuda do próprio material deslocado, movido com fins de reconstruções cambiantes.”

 

 

DERRIDA, Jacques; ROUDINESCO, Elizabeth. De que amanhã . . . diálogo. Trad. André Telles. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2004.

 

 

_________________________________

Imagem: Derrida by Pablo Secca CC BY 3.0. In: http://pt.wikipedia.org/wiki/Jacques_Derrida#mediaviewer/File:Derrida-by-Pablo-Secca.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s