Clínica Comum, essa noção se relaciona com essa abertura sem limites que nos interpela no contemporâneo. No campo da saúde podemos afirmar que há uma abertura sem limites que nos interpela. Arrisco dizer que temos trabalhado para estar à altura do que não tem fronteiras, do aberto. Veja os ecos disso na entrevista de Jean Luc Nancy (abaixo e legendada)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s